MAMONAS ASSASSINAS


Jumento Celestino Lyrics

Tava ruim lá na Bahia, profissão de bóia-fria,
Trabalhando noite e dia, não era isso que eu queria,
Eu vim-me embora pra São Paulo.

Eu vim no lombo dum jumento,
Com pouco conhecimento
Enfrentando chuva e vento,
Dando uns peido fedorento,
Até na bunda fez um calo

Chegando na capital,
Uns puta predião legal.
As mina pagando um pau,
Mas meu jumento tava mal
Precisando reformar

Fiz a pintura,
Importei quatro ferradura,
Troquei até dentadura
E pra completar a belezura
Eu instalei um roadstar!

Descendo com o jumento na maior vula
Ultrapassei farol vermelho
Dei de frente com uma mula
Saí avuando, parecia um foguete
Só não estourei meu côco pois tava de capacete

Me alevantei o dono da mula gritando
O povo em volta tudo olhando
E ninguém pra me socorrer
Fugi mancando e a multidão se amontoando
Em coro tudo gritando:
Baiano, cê vai morrer!

Depois desse sofrimento, a maior desilusão
Pra aumentar meu lamento
Foi-se embora meu jumento
E me deixou as prestação

Hoje eu tô arrependido de ter feito imigração
Volto pra casa fudido, com um monte de apelido
O mais bonito é cabeção!

Correct these lyrics

Watch Mamonas Assassinas Jumento Celestino video
Hottest Lyrics with Videos
a14aa7de6cc752e2ec5caa312d8e32ba

check amazon for Jumento Celestino mp3 download
these lyrics are submitted by musixmatch2

Songwriter(s): Bento Hinoto, Dinho
Publisher(s): Emi Blackwood Music Inc. O.B.O. Edicoes Musicais Tapajos Ltda
Record Label(s): 1995 The copyright in this sound recording is owned by EMI Music Brasil Ltda
Official lyrics by

Rate Jumento Celestino by Mamonas Assassinas (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Jumento Celestino" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters