ALMIR SATER


Boiada Lyrics

Ele foi levando boi, um dia ele se foi no rastro da boiada
A poeira é como o tempo, um véu, uma bandeira, tropa viajada
Foram indo lentamente, calmos e serenos, lenta caminhada
E sumiram lá na curva, na curva da vida, na curva da estrada

E depois dali pra frete, não se tem notícias, não se sabe
Nada que dissesse algo de boi, de boiada
De peão de estrada disse um viajante, história mal contada
Ninguém viu, nem rastro, nem homem, nem nada

Isso foi há muito tempo, tempo em que a tropa ainda viajava
Com seus fados e pelegos no rangeu do arreio ao romper da aurora
Tempos de estrelas cadentes, fogueiras ardentes, ao som da viola
Dias e meses fluindo, destino seguindo, e a gente indo embora

Isso tudo aconteceu no fato que se deu, faz parte da história
E até hoje em dia quando junta a peãozada
Coisas assombradas, verdades juradas
Dizem que sumiram, que não existiram
Ninguém sabe nada

Ele foi levando boi, um dia ele se foi no rastro da boiada
A poeira é como o tempo, um véu, uma bandeira, tropa viajada
Foram indo lentamente, calmos e serenos, lenta caminhada
Dias e meses seguindo, destino fluindo, e a gente indo embora

Isso tudo aconteceu no fato que se deu, faz parte
E até hoje em dia quando junta a peãozada
Coisas assombradas, verdades juradas
Dizem que sumiram, que não existiram
Que não sabe nada

Correct these lyrics

Watch Almir Sater Boiada video
Hottest Lyrics with Videos
7d5fb8e721de3466e14e70cee34d4a80

check amazon for Boiada mp3 download
these lyrics are submitted by musixm

Record Label(s): 1991 WEA International Inc
Official lyrics by

Rate Boiada by Almir Sater (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Boiada" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters