MILTON NASCIMENTO


Os Povos Lyrics

Na beira do mundo
Portão de ferro, aldeia morta, multidão
Meu povo, meu povo
Não quis saber do que é novo, nunca mais
Eh, minha cidade
Aldeia morta, anel de ouro, meu amor
Na beira da vida
A gente torna a se encontrar só
Casa iluminada
Portão de ferro, cadeado, coraç�£o
E eu reconquistado
Vou passeando, passeando e morrer
Perto de seus olhos
Anel de ouro, aniversário, meu amor
Em minha cidade
A gente aprende a viver só
Ah, um dia, qualquer dia de calor
Ã^ sempre mais um dia de lembrar
A cordilheira de sonhos
Que a noite apagou
Eh, minha cidade
Portão de ouro, aldeia morta, solidão
Meu povo, meu povo
Aldeia morta, cadeado, cora�o
E eu reconquistado
Vou caminhando, caminhando e morrer
Perto de seus olhos
A gente aprende a morrer só
Meu povo, meu povo
Pela cidade a viver só
Meu povo, meu povo
Pela cidade a viver só

Correct these lyrics

Watch Milton Nascimento Os Povos video
Hottest Lyrics with Videos
a1822f5a49d9197ec22080cbbe42db76

check amazon for Os Povos mp3 download
these lyrics are submitted by musixmatch2

Songwriter(s): márcio borges, milton nascimento
Record Label(s): 1976 UMG Recordings, Inc
Official lyrics by

Rate Os Povos by Milton Nascimento (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Os Povos" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters