Sopro
Diogo Picarra
Sopro video

DIOGO PICARRA


Sopro Lyrics

Passo a passo
Nua face
Teu disfarce
Para te fazeres ouvir
Conta agora a tua forma
De roubar e ocultar os meus sentidos
Dizes que me entendes
Sem me conhecer
Passo em falso
Entra em colapso
Por pensar que um dia te podia ter

Invento formas para querer
Recrio histórias para te ver
Tão perto, tão longe
Onde estás
De repente pergunto

Como posso dar
Se tu nunca estás
Às vezes sinto
Que a medo respiro
Quando um sopro teu me retira
O resto que sou

Lado a lado
Meu retrato
É teu fardo
O nosso doce amargo
Cobre o tempo que gastaste
Nessa arte de apagar o passado
Vives só para ti
E recusas
Voltar, poder, sentir, curar, fluir, sem pensar

Como posso dar
Se tu nunca estás
Às vezes sinto
Que a medo respiro
Quando um sopro teu me retira
O resto que sou

Invento formas para querer (do que sou)
Recrio histórias para te ver
Invento formas para querer
De repente pergunto

Como posso dar
Se tu nunca estás
Às vezes sinto
Que a medo respiro
Quando um sopro teu me retira

Como posso dar
Se tu nunca estás
Às vezes sinto
Que a medo respiro
Quando um sopro teu me retira
O resto que sou

Watch Diogo Picarra Sopro video
Hottest Lyrics with Videos
753d230d422f8d8c1aafe4dcb26c858b

check amazon for Sopro mp3 download
these lyrics are submitted by itunes3
browse other artists under D:D2D3D4D5D6D7D8D9D10
Record Label(s): 2015 Universal Music Portugal, S A
Official lyrics by

Rate Sopro by Diogo Picarra (current rating: 7.77)
12345678910
Meaning to "Sopro" song lyrics
captcha
Characters count : / 50