ALMIR SATER


Estradeiro Lyrics

Bota de couro surrada
Cheiro de boi ou viola
Somos guardados na mente
Com lábios de doce melaço
Pra todo canto que fosse
Vivendo da cantoria
Muito mais que dinheiro
Buscava farra e folia
Não quis ser o melhor
Sossego trago de longe
Não sou louco, poeta
Nem sou profeta ou monge
Mas viajar, viajei
Viajar, viajei...

Carro de boi, litorina
Lombo de burro baguá
Apeava em porto Esperança
E pegava uma barca de tranças
Remando pro Pantanal
Cantava em festa de Reis
Puxando a romaria
Cantei ao velho peão
Fiz versos pra burguesia
E de quando em quando
A dona das terras falava
Fique, violeiro
Pois tem dinheiro e pousada
Eu viajar, viajei ...

Correct these lyrics

Watch Almir Sater Estradeiro video
Hottest Lyrics with Videos
f890c0ca1284449957678d4f69016a34

check amazon for Estradeiro mp3 download
these lyrics are submitted by musixm

Songwriter(s): Antonio Paulo Klein, Almir Eduardo Melke Sater
Record Label(s): 1991 WEA International Inc
Official lyrics by

Rate Estradeiro by Almir Sater (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Estradeiro" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters