ALMIR SATER


Capim De Ribanceira Lyrics

Na madrugada e eu na beira da estrada
A lua cheia e minguada e de repente
Apareceu um cavaleiro de bota e chapéu de couro,
Me lembrando o velho mouro
E lá fiquemos ele e mais eu,
Cruzou os pés, apiou do seu cavalo,
Deixou a rédia num talo de uma roseira sem flor
Diz que seguia pelo mundo solitário e
Quebrava todo galho apartando a dor

Quem não ouviu falar,
Quem não quis conhecer
Aquele cavaleiro que vive pelas fronteiras
Divulgando a reza brava do
Capim de ribanceira

Enquanto o bule de café bulia
A brasa da fogueira refletia o seu olhar
Eu pude ver que ele sabia coisa até do outro mundo e
Essa noite eu fui aluno do seu estranho poder
Com sete pontas de uma rama trepadeira e uma
Arruda e a piteira
O meu corpo ele tocou
Naquele instante me bateu uma zonzeira e
Duma tosse cuspideira o velhinho me livrou

E quem não ouviu falar
Quem não quis conhecer
Aquele cavaleiro que vive pela fronteira
Divulgando a reza brava do
Capim de ribanceira

Correct these lyrics

Watch Almir Sater Capim De Ribanceira video
Hottest Lyrics with Videos
d0145f0693b2c590f6c3790c4e5e31f7

check amazon for Capim De Ribanceira mp3 download
these lyrics are submitted by musixm

Songwriter(s): Paulo Jorge Simoes Correa Filho, Almir Eduardo Melke Sater
Record Label(s): 1991 WEA International Inc
Official lyrics by

Rate Capim De Ribanceira by Almir Sater (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Capim De Ribanceira" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters