RAIMUNDOS


Nga Jurema Lyrics

Nga Jurema veio descendo a ladeira
trazendo na sua sacola um saco de Maria tonteira
E a mulecada avisou a rua inteira:
"vem correndo que a feira j est pra comear"
"Mas olha as nvens esse tempo no ajuda
pelo menos as minhas mudas eu j sei que vo brotar",
dizia a Nga quando vieram os soldados
se dizendo avisados e comearam a atirar
Pois foi Antnio, filho de Jos Pereira,
que no meio da bagaeira olhou pro cu e a rezar
pedia para Santo Antnio, So Pedro ou Padim Ccero
ou pros filhos do Canio que viessem ajudar
Foi no pipoco do trovo
que se armou a confuso e ningum pde acreditar
que aquilo fosse verdade foi por toda a cidade,
cresceu em todo lugar
Na igreja das alturas, barzinho, prefeitura,
no engenho de rapadura nasceu mato de fum
E foi com a santa malcia
que driblou-se a polcia
e fez a guerraacabar
FUM FUM
No flor do intestino um matinho nordestino
que a senhora vai queimar
Faz um bem pra diarria para o vio e para a via,
faz o morto suspirar
Faz um bem para as artrites, febre ou conjuntivite
Faz qualquer mal se curar
CUM CAG
VIV FUM
So as leis da natureza e ningum vai poder mudar.

Correct these lyrics

Hottest Lyrics with Videos
9c09dd5c765fc00a7670ae8f0b07289b

check amazon for Nga Jurema mp3 download

Songwriter(s): Frederico Castro, Rodolfo Abrantes, Jose Pereira, Rodrigo Campos
Publisher(s): Warner/Chappell Edicoes Musicais Ltda

Official lyrics by

Rate Nga Jurema by Raimundos (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Nga Jurema" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters