MILTON NASCIMENTO


Teia De Renda Lyrics

De mil canteiros de ilusões
Brotam desejos que já vivi
Já conversados, já tão sentidos
Campos de força, tempos atrás

Em meu destino o que restou
Marca profunda de muito amor
Tão procurada, iluminda
Essa loucura que me abraçou

O que se deu, que se trocou
Quanta verdade a se entrelaçar
Que se sofreu, o que se andou
Quase ninguém nos acompanhou

O que me cerca, onde hoje estou
Numa saudade sem tempo e fim
Acomodada, gente parada
Teia de renda que me cercou

Eu não aceito o que se faz
Negar a luz fingindo que é paz
A vida é hoje, o sol é sempre
Se já conheço eu quero é mais

O que se andar, o que crescer
Se já conheço eu quero é mais

Eu não aceito o que se faz
Negar a luz fingindo que é paz
A vida é hoje, o sol é sempre
Se já conheço eu quero é mais

O que se andar, o que crescer
Se já conheço eu quero é mais

Watch Milton Nascimento Teia De Renda video
Hottest Lyrics with Videos
130f768b4bc0a85aea5cef6e0402aa20

check amazon for Teia De Renda mp3 download
these lyrics are submitted by musixmatch2
browse other artists under M:M2M3M4M5M6M7M8M9M10M11M12
Songwriter(s): Tulio Mourao Pontes, Milton Silva Campos Do Nascimento
Record Label(s): 1988 Universal Music Ltda
Official lyrics by

Rate Teia De Renda by Milton Nascimento (current rating: 7)
12345678910
Meaning to "Teia De Renda" song lyrics
captcha
Characters count : / 50