MARIZA


Montras Lyrics

Ando na berma
Tropeço na confusão
Desço a avenida
E toda a cidade estende-me a mão
Sigo na rua, a pé, e a gente passa
Apressada, falando, o rio defronte
Voam gaivotas no horizonte

Só o teu amor é tão real
Só o teu amor...

São montras, ruas
E o trânsito
Não pára ao sinal
São mil pessoas
Atravessando na vida real
Os desenganos, emigrantes, ciganos
Um dia normal,
Como a brisa que sopra do rio
Ao fim da tarde
Em Lisboa afinal

Só o teu amor é tão real
Só o teu amor...

Gente que passa
A quem se rouba o sossego
Gente que engrossa
As filas do desemprego,
São vendedores, polícias, bancas, jornais
Como os barcos que passam tão perto
Tão cheios
Partindo do cais

Só o teu amor é tão real
Só o teu amor...

Correct these lyrics

Watch Mariza Montras video
Hottest Lyrics with Videos
506a2e85b9a250affb0ce1226b0f475e

check amazon for Montras mp3 download
these lyrics are submitted by musixmatch3

Songwriter(s): Rui Campos
Publisher(s): S.p.a.(Sociedade Portuguesa De Autores)
Record Label(s): 2005 World Connection
Official lyrics by

Rate Montras by Mariza (current rating: N/A)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Meaning to "Montras" song lyrics no entries yet
required
capthca required

Characters count
: min. 50 characters