Maria E Moleque
Luisa Maita
Maria E Moleque video

LUISA MAITA


Maria E Moleque Lyrics

Moleque tava dando um tempo na fogueira
Puxando um "back" na ladeira da favela
Quando passou Maria Rita do Anescar
A mais cheirosa e mais bonita do lugar

Moleque se mandou atrás da rapariga
Deixou Formiga no controle da favela
Mas o diabo é que a donzela era do lar
Já tinha dois barrigudinhos com o Anescar
(O Cidimar e o Tom)

Moleque pegou pelo braço da menina
Mal disse a sina de não ser seu namorado
Menina estremeceu, correu, tropeçou
Era o malandro da quebrada e a desejou
Se emocionou, sorriu

E se amaram num opala de vidro fumê
Em qualquer encruzilhada, Vila das Mercês
Rita suspirava embevecida
Encharcada, o próprio prazer vertia

E se amaram num opala de vidro fumê
Em qualquer encruzilhada, Vila das Mercês
Rita cavalgava enfurecida
Exalava um cheiro de maresia

Watch Luisa Maita Maria E Moleque video
Hottest Lyrics with Videos
0d13ac0e5d69e268521f569588f9df91

check amazon for Maria E Moleque mp3 download
these lyrics are submitted by itunes3
browse other artists under L:L2L3L4L5L6L7
Record Label(s): 2010 Cumbancha
Official lyrics by

Rate Maria E Moleque by Luisa Maita (current rating: 7.21)
12345678910
Meaning to "Maria E Moleque" song lyrics
captcha
Characters count : / 50